NOVA COLUNA: Literatura LGBT, cristã e Teologia Inclusiva.

Olá, galerinha abençoada, tudo bem?


Hoje, nós – eu e você que está lendo esse texto nesse exato momento, pois vamos trabalhar juntos, pode ter certeza – vamos dar início a essa coluna semanal de literatura!

Sim! Vamos falar de livros, livros, livros, livros!

Tem coisa mais linda nesse mundo do que um livro? Tá, existe sim… É claro que existe! Mais lindo que isso é o Nosso Senhor Jesus agindo em nossas vidas, certo? Amém? Amém!

Mas vamos ao que interessa nessa coluna: livros!

A ideia aqui é a seguinte, trabalhar três temáticas diferentes: literatura LGBT, cristã e de teologia inclusiva. Juntos, estaremos aqui todas as sextas, discutindo uma dessas três coisas, trocando ideias e tudo mais.

A pergunta que deve estar na sua cabeça agora é: quem é essa louca que tá falando nessa intimidade comigo??

Putz, como eu fui me esquecer dessa coisa tão importante… O meu nome, oras!

Bom, meu nome é Ana Luiza, muito prazer…

Sou cristã, lésbica assumida, casada, estudante do curso de Letras da UFMG e apaixonada por livros!

Ler é uma coisa que eu não sei viver sem… Isso é vício meu de criança, desde os 6 anos… Sempre fui de ler, devorar livros… E, conversando com o Wesley, criador desse blog abençoado que é o Jovens Gays Cristãos, propos a ele falar desse tema que faz parte da minha vida. Então, não deu outra, cá estou falando sobre literatura para você!

Já que estamos começando hoje, achei melhor falar primeiro sobre as editoras que eu conheço que publicam livros de temática LGBT, cristã e de teologia inclusiva. Se faltar alguma, por favor, puxe minha orelha depois!


Então, vamos lá:

1.  Metanoia Editora: essa é uma editora muito bacana que trabalha com livros de temática LGBT, cristã e teologia inclusiva. Estando há pouco tempo no mercado, vem com o anseio de ampliar os horizontes da literatura inclusiva no circuito LGBT. Tem muitos livros bons e os mesmos podem ser adquiridos pelo site www.metanoiaeditora.com. No momento, o site está em construção, mas você pode comprar através do e-mail vendas@metanoiaeditora.com ou pelo site da Estante virtual, Livraria Cultura, Livraria Saraiva, entre outros. Vocês podem também entrar em contato com a editora através do Facebook da Metanoia Editora.

2. Edições GLS: é um selo editorial que faz parte do grupo Summus Editorial. Publica livros, principalmente, de temática LGBT, desde romances a livros sobre terapia afirmativa. Foi o primeiro selo brasileiro de livros dedicados às minorias sexuais. Eles ainda afirmam que tem orgulho de publicar “livros dirigidos a minorias sexuais incentivando a autoestima, a liberdade interna, a expressão da identidade legítima e natural de cada um.” Os mesmos podem ser adquiridos através de distribuidoras espalhadas pelo Brasil e Portugal e também pelo site da Edições GLS (é necessário ser cadastrado).  Confira o Facebook da Edições GLS.

3. Brejeira Malagueta: figura como a única (!) editora lésbica da América Latina e é totalmente direcionada a livros de temática lésbica, de poesias a romances.  A Malagueta também promove eventos culturais, como sarais literários, para promover a cultura das mulheres brasileiras que amam mulheres. Além de produções da própria editora, a Brejeira comercializa livros de outras editoras e escritoras independentes.  Os livros podem ser adquiridos através da página de compras da Malagueta e também na própria editora, no endereço Rua dos Jacintos, 219, Bairro Mirandópolis em São Paulo, SP. Você pode entrar em contato com a editora pelo telefone - (11) 5539-2801 e 2768-3588,  site e também no Facebook da Brejeira. Confira esse vídeo que fala um pouquinho mais sobre a Brejeira Malagueta: As Brejeiras - quem somos.

4. Oásis Editora: essa eu fiquei sabendo, recentemente, pelo nosso amigo e também colaborador aqui do blog, Bruno Albyran. É uma editora nova, voltada para publicações de teologia e teologia inclusiva, e tem como dois de seus objetivos “disponibilizar literatura de qualidade para capacitar líderes, pastores e demais cristãos comprometidos com a inclusão das minorias e propagar o Evangelho de Cristo em sua face mais característica: o amor e a inclusão”.  Você pode conferir e adquirir os livros da editora através do site. Dê uma olhada também no Facebook da Oásis Editora.

Bom, galerinha, é isso.
Na semana que vem, retornarei falando sobre algum livro, mas isso é surpresa! Aguardem!

Mandem-me sugestões, ideias, críticas, dicas de livros pelo e-mail literaturajgc@gmail.com.

Abraço grande para vocês e fiquem com Deus!

Será um prazer enorme escrever para vocês!
Ana Luiza Cardoso




Share on Google Plus

About Wesley Cavalcante Silva

4 comentários :

  1. Ótimo, estarei seguindo... obrigada desde já pelo que vier de bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz por isso, Dalva!
      Eu que imensamente agradeço!

      Excluir
  2. Olá, parabéns pelo post.
    Gostaria de saber sua opinião sobre os livros gays que os pessoal comenta.Você acha que são bons mesmo? E o mercado editorial, você acredita que têm preconceitos para essa literatura?

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Muito obrigada!

      Desculpa a demora para responder as suas perguntas, estava atolada de coisas para fazer na faculdade.

      Com relação a sua primeira pergunta, preciso saber quais livros gays você se refere para poder opinar.
      Em relação a sua outra questão, uma professora doutora em Letras da Universidade de Brasília, Regina Dalcastagnè, fez uma pesquisa que mostrou que as minorias sociais - e isso inclue nós homossexuais - são muito mal representadas. Se você ler esse artigo (https://mail-attachment.googleusercontent.com/attachment/u/0/?ui=2&ik=47a4b84b6d&view=att&th=13df5d4d59b4bc6b&attid=0.2&disp=inline&realattid=f_hfd08qwy1&safe=1&zw&saduie=AG9B_P9ohXF8XXoZpjhkxScPrOQf&sadet=1371592803639&sads=8S7rvj-gYm66R8egbSebejN2m3E), vai poder ter mais detalhes sobre a pesquisa que ela fez.

      Eu tenho certeza que existe preconceito no mercado editorial, mas a professora Regina mostra isso em números e dados, então ela tem mais autoridade que eu.

      Manda um e-mail pro literaturajgc@gmail.com e nós poderemos discutir melhor sobre isso.

      Beijos!

      Excluir