LITERATURA: "Pode a Bíblia incluir?", por Ana Luiza Cardoso.

Olá, amadxs de Deus! Como vão?

Eu sei... faz um tempo que não passo por aqui, mas é a correria da vida, infelizmente.

Mas estou voltando com tudo para falar com vocês sobre um livro maravilhoso que estou acabando de ler!

O título do livro é Pode a Bíblia incluir?: por um olhar inclusivo sobre as Sagradas Escrituras, do Márcio Retamero.






O Márcio Retamero é pastor da Comunidade Betel/ICM-RJ e da Igreja Presbiteriana da Praia de Botafogo. Historiador e teólogo, ele também é militante pela inclusão LGBT na Igreja Cristã e pelos Direitos Humanos. Além desse livro, tem outros livros publicados, todos pela Editora Metanoia: Banquete dos Excluídos, Você tem fome de quê? E Crônicas de um pastor gay.
Pretendo, muito em breve, ler todos esses livros e vir falar sobre eles para vocês!

Como mesmo diz Retamero, “[o] livro é um guia de leitura/interpretação da Bíblia através do método histórico-crítico de análise dos textos, a alternativa mais correta para combater a leitura literalista seletiva dos mesmos, como fazem os fundamentalistas, principalmente daqueles que, segundo eles, condenam a homossexualidade como pecado e abominação (RETAMERO,2010, não paginado)”. Ao longo do livro, Márcio propõe uma leitura inclusiva da Bíblia tendo como apoio o método histórico-crítico e, mais especificamente, no capítulo 4, ele sugere a leitura inclusiva de 1 Reis, capítulo 7, versículo 32

Eu estou no finalzinho, mas tem uma fala do Retamero que eu acho muito importante. Sabiamente, ele pontua que “[e]studos bíblicos e sermões não devem se apoiar num versículo isolado, para que seja evitado 'forçar' o texto a dizer o que ele não diz, nem pretende dizer (pág.44)”. Nós, LGBTs, sabemos muito bem que os fundamentalistas homofóbicos adoram usar de versículos isolados para justificarem o seu preconceito e ódio por nós. Mas, todo versículo faz parte de um corpo, que é a Bíblia. Por isso é muito, muito importante, estar atento ao contexto em que se insere determinado livro bíblico.

Então, galera, é isso.

Espero que tenham ficados interessados em ler o livro. É uma leitura tranquila, fácil e sem termos complicados de se entender. Além disso, o Márcio coloca as referências bibliográficas utilizadas por ele ao longo da obra e indica alguns para aqueles que buscam literatura especializada em Bíblia. Vale muito a pena conferir!

Vejo vocês na semana que vem, certo?

Oh, quero minha caixa de e-mail lotada de mensagens suas! O endereço é literaturajgc@gmail.com.
Deixem comentários, elogios, críticas e sugestões nos posts também!

Abraço forte!


E que a paz do Senhor esteja sempre com vocês!
Ana Luiza Cardoso

Share on Google Plus

About Literatura JGC

0 comentários :

Postar um comentário